Escola Municipal de Música Maestro Elias Porfírio de Azevedo

Criar um conservatório musical era um antigo desejo de Araxá. Aulas de canto, de piano, de violão etc., foram ministradas por professores da área musical, na sede da Fundação Cultural Calmon Barreto, desde sua instalação. Em agosto de 1985 foi criado o Coral “Villa-Lobos”, pela presidente da FCCB, Lygia Cardoso Maneira, tendo como regente Hercília Cardoso Del Nery. Sua primeira apresentação oficial foi em dezembro do mesmo ano e não parou mais. Com expressiva atuação na sociedade, fez inúmeras apresentações em ocasiões como recitais, casamentos, congressos, saraus, feiras etc.

Com o apoio da Fundação, Maria Ângela de Azevedo Bittar, neta do Maestro Elias Porfírio de Azevedo, realizou a primeira Tocata, no dia 18 de setembro de 1991, homenagem aos 110 anos de nascimento do Maestro. O local escolhido foi a frente do casarão onde a Orquestra Irmãos Porfírio, criada por ele, fazia as apresentações.  No dia 11 de setembro de 1995, através da Lei Municipal Nº 3.039, é instituído o “Dia da Tocata”, a ser comemorado anualmente no dia 18 de setembro e constar no calendário oficial do município. A Tocata, idealizada por Maria Ângela, foi realizada por ela durante 27 anos consecutivos, até sua morte, ocorrida dia 17 de fevereiro de 2018.

Em 29/04/1992, através da Lei Municipal Nº 2.520, é criada a Escola Municipal de Música Maestro Elias Porfírio de Azevedo, Departamento integrante da Fundação Cultural Calmon Barreto. Suas atividades iniciaram-se em agosto do mesmo ano e teve sua primeira sede à rua Dom José Gaspar. No momento de sua instalação foi designado um setor administrativo, composto por diretoria musical e administrativa.

Desde 1992, a Escola de Música é parceira em todas as edições da Tocata. Durante o mês de outubro daquele ano aconteceram reuniões semanais no Clube Araxá, com apresentação de números de piano, teclado, flauta, violão, declamação de poesias e canto, projeto denominado “Amigos da Arte”. E em dezembro, a equipe da Escola e convidados apresentaram um Concerto de Natal, uma culminância dos trabalhos daquele ano.

Em maio de 1993, é realizado o primeiro Recital da Escola de Música. No mês seguinte, o 2º Recital, denominado “Noite de Arte”; ambos no Clube Araxá.

A Escola cresceu, sua sede foi transferida para a rua N. Srª. da Conceição. Nasceram formações musicais como o Grupo de Seresta Música na Janela, o Coral Madrigal Sol de Araxá, o Grupo de Chorinho Chorando na Praça e o Coral Dó-Mi-Sol e novos cursos foram implantados. Apresentações semestrais, Recitais Líricos e Populares, Concursos de Piano, de Violão e de Flauta, Gincanas Musicais e work shops fizeram parte do calendário da Escola durante este período.

Através da Portaria Nº 219, de 24 de maio de 1997, a Banda Municipal Padre Clóvis é assim denominada e passa a ser integrante da Escola de Música. Nesse período são comuns os professores da Escola e seus grupos serem solicitados a se apresentar em diferentes ocasiões como, inaugurações públicas, comemoração ao Dia de Santa Cecília (Dia do Músico), Dia do Artesão, na Semana Cívica, na Semana do Natal (Projeto Cantando o Natal) etc.

A Escola ganhou sede definitiva em 14 de julho de 1999, à praça Arthur Bernardes — na antiga casa do engenheiro ferroviário, responsável pela Estação — anexa ao prédio da Fundação. Durante a festa de inauguração, se apresentaram a Banda Municipal Padre Clóvis, o Coral “Madrigal Sol de Araxá”, o Grupo de Seresta “Música na Janela”, o Coral “Dó-Mi-Sol”, o Coral “Villa-Lobos”, o Grupo Vozes e Recital lírico com Henrique Natal Vieira.

Ao começar o ano de 2001, a Escola inovou sua relação com a comunidade, promovendo apresentações bimestrais, divididas em Áreas de Vozes, de Teclas, de Cordas e de Sopro e Percussão. Criou, ainda, apresentações de menor porte, chamadas “Espaços Abertos”, oportunidades para os alunos iniciantes terem contato com o público.

Em 2002, os dez anos de criação da Escola foram comemorados no SESI, com um Encontro de Pianistas. E transcorreram inúmeras apresentações musicais em datas significativas, comemoradas pela Fundação ou por outras solicitações da comunidade.

O coroamento de tanto trabalho e investimento acadêmico foi recompensado com a implantação do Curso Técnico em Instrumentos Musicais de Piano, Violão e Flauta Transversal em março de 2005. Através da Portaria do MEC Nº 589, os Cursos tiveram seu pedido de reconhecimento aprovado.

A Escola continuou seu ritmo de crescimento tanto no aspecto físico e didático como no número de alunos que compõem o seu quadro. Em 2009 o município aderiu à proposta do Estado em realizar a Jornada Mineira do Patrimônio Cultural e a Escola de Música participou ativamente das comemorações, se apresentando em todos os eventos realizados pela Fundação.

Em 2010, é realizada a Primeira Noite de Chorinho e, desde então, integra o calendário da Escola. A essa altura, várias formações musicais em diversos estilos, foram criadas, entre eles: Grupo Flauteando, Grupo Concerthus, Grupo Sopro A4, Quinteto de Flautas, Jovens Violeiros, Trio Instrumental, Minas em Canto, Zuca Samba e Choro etc.

A Escola de Música participou de alguns projetos e formatou outros elaborados para uma maior integração com a comunidade: Festival Literário de Araxá, Festival de Cultura e Gastronomia, FestNatal, Mostra Tim ArtEducação, Semana Nacional dos Museus, Festa dos Motoristas, Festas Juninas, Festival de Inverno da Jaguara, Integração no Bairro, Sexta Cultural, Música na Praça, Música para Todos, Roda de Choro, A Música vai aonde o povo está, Bem Receber, Circularte, dentre vários outros.

Em 2012 é realizada pela primeira vez a Noite dos Beatles que também passa a fazer parte do calendário oficial da Escola, como a Noite do Folclore, Noite do Cinema, Semana da Música e Noite das Crianças.

A Escola está hoje organizada em 02 (duas) áreas: Curso Livre (baixo acústico e elétrico, bateria, canto popular e lírico, cello, clarinete, coral infantil, flauta doce e transversal, guitarra, piano clássico e popular, saxofone, teclado, guitarra, viola caipira e clássica, violão clássico e popular e violino). Curso Técnico (violão clássico e popular, saxofone, clarinete, flauta transversal e doce, com foco na Educação musical, violino e piano).

Atualmente, a Escola possui diferentes grupos formados por todos os estilos musicais: Orquestra Popular de Araxá, Coral Madrigal Sol de Araxá, Coro Belcanto, Grupo de Seresta Música na Janela, Grupo Vozes, Coral Infantil Encantado (2 a 6 anos), Coral Infantil Dó-Mi-Sol (6 a 12 anos), Grupo de Chorinho Chorando na Praça, Grupo Minas em Canto, Trio Rivas, Grupo Arachoro, Grupo Tema de Viola e  Quinteto de Cordas.

A Escola conta, hoje, com 500 alunos e tem promovido apresentações musicais nos mais variados espaços de Araxá. Destaca-se pelo trabalho de sua equipe de professores e colaboradores que, juntos, levam a música como instrumento no processo de educação, em prol de um mundo melhor, a começar pela própria comunidade.

 

Praça Arthur Bernardes, 18 - Centro

Telefone: (34) 3612-9223

Horário de Funcionamento:

Aberta de segunda a quinta-feira, das 07h às 21h30

Sexta-feira, das 07 às 19h15

Diretora da Escola

Cristiane Borges Santos

escolademusica.cristiane@fundacaocalmonbarreto.mg.gov.br