Centro de Referência da Cultura Negra

Espaço inaugurado em maio de 2004 pela Prefeitura com administração da Fundação Cultural Calmon Barreto, o Centro de Referência da Cultura Negra está localizado no alto de Santa Rita, ao lado da Árvore dos Enforcados. É importante dizer que é o primeiro deste gênero em Minas Gerais.

A criação do Centro de Referência da Cultura Negra significou a culminância de um espaço apropriado para reunir todos os movimentos negros como a Associação de Congo e Moçambique, Associação de Hip-Hop, Associação de Capoeira, Associação Carnavalesca, Associação de Religiões de Matrizes Africanas (Umbanda e Candomblé). Oportunizou a divulgação da cultura afro, com a realização de atividades e eventos ligados à raça negra e a realização de cursos profissionalizantes.

O Centro de Referência é destinado à preservação da memória da raça negra, com uma galeria de objetos, biografia e fotos dos cidadãos que tiveram destaque em suas atividades profissionais.

Conta com uma sucursal da Biblioteca Pública Municipal, denominada “Professor João Rios Montandon”. Nela é possível encontrar exemplares da literatura clássica, livros infantis, de ficção, acadêmicos, romances, enciclopédias e de autores conhecidos no cenário local e internacional. Há ainda uma galeria de painéis alusivos à história da cultura negra e recinto para diversas atividades, tais como cursos de informática e de idiomas.

Araxá se destaca no cenário cultural por valorizar a cultura negra e demonstrar, através de ações interligadas ao poder público, que oportunizar o acesso às diferentes tradições é uma importante forma de inclusão social.

 

Rua Gustavo Martins de Oliveira, 70

Bairro Morada do Sol – CEP: 38.181-412

Telefone: (34) 3611-4334

 

Horário de Funcionamento:

Segunda a sexta-feira, das 8h às 18h

Sábado, das 10h às 16h

Domingo, das 8h às 13h

 

Responsável pelo Centro de Referência

Maria Angélica Torres Gotelip Barbosa (Tatá)

museus.tata@fundacaocalmonbarreto.mg.gov.br

tatagotelip@gmail.com